Em um mundo cada vez mais sustentado pelo recolhimento, manipulação e administração de dados, fazer uso de uma cultura data driven para melhorar a experiência do cliente é algo fundamental. E a MadTech agency existe, justamente, para isso.

Combinando os conceitos de MarTech e AdTech, esse novo modelo de negócio, que une criatividade e tecnologia, vem sendo considerado uma fórmula inovadora para sobreviver e se destacar no mercado, seja por meios orgânicos ou pagos.

Aliás, as expectativas do consumidor evoluíram tanto que, atualmente, eles esperam que as marcas saibam quem eles são e o que eles querem. E isso só é possível através da personalização e da curadoria de dados. 

Mas, afinal, o que são MadTechs?

O termo representa a junção do potencial criativo e das funcionalidades das ferramentas de marketing e advertising. Por meio dessa fusão, os clientes se beneficiam, entre outras coisas, de uma personalização precisa, com a qual podem otimizar sua jornada.

Isso porque a MadTech agency atua criando estratégias com inteligência de dados e integrando as equipes de criação, content, social media, business intelligence, planejamento e desenvolvimento, desde a concepção até finalização do projeto.

Valendo-se da MarTech — que representa a análise de dados coletados através de ferramentas analíticas — e da AdTech — dirigida para a compra de mídia e campanhas pagas —, a MadTech consegue separar os algoritmos, selecionar os dados e mapear a jornada do cliente, obtendo, assim, uma boa conversão.

A intenção é utilizar recursos orgânicos e patrocinados para oferecer uma experiência única para os consumidores, definindo os melhores canais e formatos.

A realidade do mercado

Alguns estudos apontam que organizações orientadas por dados têm 23 vezes mais probabilidade de adquirir clientes, 6 vezes mais probabilidade de retê-los e 19 vezes mais probabilidade de serem lucrativas em relação à concorrência

Para isso, no entanto, é preciso investir em tecnologia e ferramentas. Em outras palavras, a adoção de ferramentas de Martech e Adtech podem tornar as empresas mais lucrativas.

Além disso, é inegável que o modelo MadTech é imprescindível na atuação das agências atuais. Afinal, vivemos um cenário em que o digital representa mais da metade dos investimentos em mídia das grandes empresas. Por isso, entender às deficiências do mercado e suas tendências é fundamental para se manter competitivo. 

Para muitos, se adaptar a toda essa nova realidade  pode soar incômodo — mas o incômodo pode tanto ser o combustível do fracasso quanto o do sucesso. Sair da bolha pode ser difícil, mas é fundamental para quem quer espaço.

Para finalizar, precisamos lembrar que os dados são as principais engrenagens que movem o mercado, e os clientes querem uma agência que entenda e fale essa língua — como a Ouzzi 🙂

Clique aqui e conheça alguns de nossos trabalhos.

#conheçadeperto #mesmodelonge

Conta pra gente aonde você quer chegar

De perto ou de longe, adoramos conhecer novas histórias e novas marcas — e adoramos tomar um café (virtual ou não) e saber como podemos ajudar a sua empresa a #iralém

entre em contato