Você já deve ter ouvido falar em Inbound Marketing, não é? É uma estratégia bastante utilizada para atrair a atenção do seu público para seu negócio, através da produção de conteúdos que são relevantes para ele. Agora, a tática está sendo usada para converter clientes e gerar vendas em lojas virtuais. Assim nasceu o conceito de Inbound Commerce (Inbound Marketing + e-commerce).

Mas como atrair as pessoas com conteúdo relevante e levá-las a comprar um produto em minha loja virtual? Antes de conectarmos essas duas pontas, precisamos entender como funciona a jornada de compra do consumidor. Além disso, vamos compreender onde ela se encaixa em um funil de vendas de um e-commerce.

O caminho até a conversão

Antes de fechar um negócio, todo consumidor passa por um caminho de compreensão do problema ou necessidade, que irá motivá-lo a decidir pela compra do produto. Esta é a famosa “jornada de compra” e geralmente é composta por 4 etapas:

  • Aprendendo e descobrindo
  • Reconhecendo o problema
  • Considerando a solução
  • Decidindo a compra

A primeira etapa é perceber a necessidade e aprender sobre ela. Por exemplo, um morador percebe a dificuldade de manter as janelas do seu apartamento limpas, por causa do pó a que elas estão expostas todos os dias. Então ele pesquisa na internet sobre dicas para resolver o problema. Assim, descobre que o segredo não está no produto de limpeza que está usando, mas sim no material de que é feito suas janelas, mais aderente a sujeiras.

Na segunda etapa, ele reconhece que talvez fosse melhor trocar suas janelas e começa a pesquisar o melhor material para elas, dando início à terceira etapa da jornada. É aí que, a partir de pesquisas de preço, ele decide comprar janelas de outro tipo e que, por sinal, estão em promoção em um e-commerce famoso. Deu match!

Por isso, muitos relacionam essa jornada com um “funil de vendas“, que leva o cliente desde a descoberta e identificação do problema até a busca por solução e decisão de compra.

  • no topo do funil, o cliente não busca produtos, mas sim informações sobre a necessidade identificada;
  • no meio do funil, ele reconhece o problema e busca soluções. É aí que entra a sugestão de determinado produto ou serviço para ajudá-lo a resolver a situação;
  • por fim, no fundo do funil, ele começa a avaliar seu produto, compara e escolhe a melhor alternativa.

Onde entra o Inbound nessa jornada?

Com o funil de vendas e a jornada do consumidor em mente, fica mais fácil encaixar o Inbound e enxergar a relação dele com seu e-commerce.

Lembra quando falamos, em nosso exemplo, que o consumidor começa a pesquisar informações para entender sua necessidade? Nesta etapa, se sua empresa possui um conteúdo relevante sobre os assuntos relacionados ao seu produto ou serviço, certamente aparecerá nas buscas. Assim, o Inbound se torna um “guia” para os potenciais consumidores do topo do funil.

Com uma comunicação bem definida e conectada, é possível “fisgar” esse cliente e convertê-lo de uma forma mais natural, sem que o apelo de compra seja invasivo ou ele se sinta pressionado a adquirir o produto. Afinal, ele já reconheceu a necessidade e está convencido, através do conteúdo e das informações que o Inbound trouxe, que aquela é a melhor solução para resolver seu problema.

Dicas para um Inbound Commerce eficiente

  • Produza materiais de interesse do seu público: e-books, webinars e vídeos com conteúdo relevante sobre assuntos relacionados ao seu produto/serviço são formas de entregar informação e interação de um jeito leve e didático. Criar um canal de conteúdos no YouTube, por exemplo, é um bom começo. (confira aqui o que a Ouzzi fez para o cliente Alcoa Wheels)
  • Faça um blog da marca e campanhas com Landing Pages: a melhor forma de promover conteúdo junto do seu e-commerce é criando um blog com dicas e assuntos relacionados aos seus produtos. Você também pode criar landing pages em campanhas que oferecem materiais extras (um curso gratuito, um e-book etc.), para captar cadastros e possíveis leads.
  • Invista em anúncios digitais: Google Ads, Facebook Ads e Linkedin Ads são apenas alguns exemplos de como divulgar seus conteúdos e também seu e-commerce. Monte uma estratégia para suas campanhas, divididas por assuntos. Faça testes com pequenas quantias no começo, para entender o que funciona e o que não funciona na comunicação.

A Ouzzi te ajuda a brilhar no Inbound Commerce

Temos um excelente know-how na produção de conteúdos para Inbound, mas também podemos ajudar sua marca a criar um e-commerce atraente e eficiente. Empresas como Micromed, Santo Belisco, BmB Baby e BmB Terapêuticos ouzzaram com a gente e já entraram na era do Inbound Commerce. Que tal aproveitar a estratégia para atrair mais clientes ao seu comércio eletrônico? Fale com a gente!

Leia também:

#conheçadeperto #mesmodelonge

Conta pra gente aonde você quer chegar

De perto ou de longe, adoramos conhecer novas histórias e novas marcas — e adoramos tomar um café (virtual ou não) e saber como podemos ajudar a sua empresa a #iralém

entre em contato