O conceito de Branded Content pode até ser relativamente novo no mercado, mas fechar os olhos para essa nova estratégia pode resultar em perdas reais para o seu negócio. 

Aliás, quando falamos em marketing digital, essa ideia de que “não se mexe em time que está ganhando” precisa ser sempre repensada, principalmente porque os times adversários estão usando esse recurso, e podem estar ganhando bem mais do que você.

Em tradução livre, esse termo significa “Conteúdo de Marca” e a sua ideia é apresentar os valores de um negócio sem necessariamente envolver uma apresentação tradicional. 

Ou seja, há uma mudança na dinâmica de divulgação: em vez de ser associada a anúncios tradicionais, que são frequentemente ignorados ou mal recebidos, a marca passa a ser associada a conteúdos informativos ou divertidos, que agregam valor ao consumidor.

E veja bem, não estamos falando aqui de um “tiro no escuro”. O Branded Content se provou tão eficaz que até recebeu uma categoria própria no Festival Cannes Lions 😉

Branded Content x Audiovisual

Você é parte daquele grupo que ainda encara o audiovisual como uma realidade distante? Se sim, você precisa ler esse texto até o final e entrar para o time de empresas que já aderiram à estratégias audiovisuais e vêm sendo recompensadas com leads e fidelização de clientes

Apostar no audiovisual para atrair a atenção cada vez mais disputada do público não deve ser visto com os ‘‘olhos revirados’’, com uma certa incredulidade ou com uma ideia distante ou impossível de ser alcançada. E nós vamos te explicar o porquê!

As grandes marcas já estão usando o Branded Content, aliado ao audiovisual, para fortalecer suas relações através de conteúdos autorais em suas redes sociais. Aliás, produzir materiais específicos é uma maneira eficaz de usar a criatividade e comunicar os valores da marca para os mais diversos públicos, ainda mais quando falamos de nicho.

Coca-Cola

Uma das pioneiras na utilização dessa formatação de conteúdo, a Coca-Cola colocou no inconsciente coletivo que seu refrigerante traz a sensação de acolhimento, união e família

Basta olharmos os canais de comunicação da Coca-Cola e os comerciais veiculados na mídia: as latinhas e as garrafas sempre estão inclusas em momentos especiais e corriqueiros das pessoas, aludindo à ideia de que, independente da ocasião, ter uma Coca ao seu lado sempre torna o momento melhor e mais refrescante.

Dove

Em 2020, o curta-metragem Hair Love ganhou o Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação e arrancou lágrimas de quem viu. Sabe quem estava por trás dessa produção? A Dove, uma das marcas mais reconhecidas do mercado. 

Mas em momento algum há menção à marca ou a aparição de produtos no filme; o logo da Dove só surge nos créditos.

A trama de Hair Love conta a história de um pai que precisa pentear os cabelos crespos da filha pela primeira vez, enquanto a mãe trata uma doença. Temos, em menos de 7 minutos, uma trama sobre identidade racial, aceitação do cabelo afro e união da família. 

Dessa forma, a Dove dialoga com sensibilidade acerca de pautas sociais até então pouco representadas no audiovisual, expande seu alcance de comunicação e cria vínculo com novas pessoas, que podem se tornar futuras consumidoras, sem utilizar uma publicidade massiva e agressiva.

Isso porque o Branded Content vem na dianteira da publicidade tradicional e expositiva que a gente conhece: ele aborda a marca sem mencioná-la, como apontamos acima. Afinal, as pessoas não querem mais ver um anúncio publicitário que preza a venda pela venda, mas sim ser impactado com alguma informação valiosa que a marca possa oferecer.

Ou seja, podemos compreender que, hoje, não se vende apenas um produto ou serviço, mas também o propósito e a história por trás de cada item. As pessoas querem saber o que faz com que o produto seja especial e, sobretudo, a importância dele para o mundo.

E aí, o que você tem a dizer? 

Leia também:

#conheçadeperto #mesmodelonge

Conta pra gente aonde você quer chegar

De perto ou de longe, adoramos conhecer novas histórias e novas marcas — e adoramos tomar um café (virtual ou não) e saber como podemos ajudar a sua empresa a #iralém

entre em contato